top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Vereadores arquivam processo de cassação do vereador e secretário de obras Jairson Sabino



São Bento do Sul

Com 8 votos contrários e duas abstenções, foi arquivado na noite desta quinta-feira, 29, o pedido de Denúncia nº 1 de 2021, o qual solicitava a abertura de Processo de cassação de mandato do vereador licenciado e atual secretário de Obras, Jairson Sabino.

O pedido veio de um servidor efetivo da Secretaria de Obras, o qual diz estar sofrendo perseguição por parte do secretário, inclusive tendo gravado algumas discussões ocorridas entre os dois envolvidos no caso.

Lida a deúncia, foi feita a votação nominal, sendo que os vereadores Adriano Reinhardt, Angelo Ronei Pechinski, Carla Hofmann, Darlan Guliani, Luis Lindecir Pesenti, Luiz Neri Pereira, Terezinha Dybas e Zuleica Voltolini votaram pelo arquivamento do processo, e Hélio Alves e Paulo Zwiefka se abstiveram.

Na justificativa de seus votos, o vereador Darlan destacou que votou pelo arquivamento pela pobreza do processo. Ele destacou que os argumentos apresentados eram muito fracos. Já o vereador Paulo falou que se absteve devido a reunião ocorrida entre só vereadores antes da sessão, onde foi definido que três vereadores farão parte da comissão que irá apurar as denúncias contra Sabino na administração municipal. Segundo ele, se na comissão for comprovado que houve alguma irregularidade por parte do secretário, então será pedida a cassação do mesmo.

O vereador Adriano frisou que votou pelo arquivamento pelo mesmo motivo de Paulo, de que será feita uma investigação por parte da Prefeitura. Adriano também falou que o processo era fraco. A vereadora Zuelica seguiu a mesma linha de raciocínio de Paulo e Adriano, lembrando que as investigações tem que ocorrer dentro da Secretaria de Obras.

A presidente do Legislativo, vereadora Carla Hofmann, citou que é uma decisão que afeta os servidores da Secretaria de Obras, porém foi apresentada somente a denúncia e a procuração assinada pelo servidor denunciante, não sendo anexada nenhuma prova dos problemas existentes dentro da Secretaria. Ela afirmou que 3 vereadores farão parte da comissão da Prefeitura que investigará o secretário, sendo um do DEM, um do PP e um do Cidadania. A vereadora Terezinha também seguiu essa linha, citando que existe um compromisso do prefeito em conversar com os vereadores para discutir os problemas existentes na Secretaria de Obras.

Fonte: Assessoria de imprensa - CMSBS

Comments


bottom of page