top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Um pouco da história por Edimar Salomon




São Bento do Sul


Neste histórico registro fotográfico feito há quase um século, podemos ver uma parte da nossa Praça dos Imigrantes, na época, “Kammergarten” [Jardim Público].

Desse ângulo em que foi feita a foto, podemos ver a torre da nossa antiga e primeira Igreja Matriz.


Em minhas crônicas sempre tenho falado que o povo são-bentense sempre esteve presente nos destinos de nossa comunidade, desde a chegada dos primeiros imigrantes. Quando chamados a ajudar na construção de uma Casa de Deus, eles pegaram juntos do início até o final da obra. E aqui estamos falando, sem distinção nenhuma: qualquer templo que fosse construído, a comunidade sempre esteve presente.


Quando das primeiras tratativas para construção da nossa Matriz, esteve à frente o Padre José Ernser, que era coadjutor de Joinville, mas tinha sua residência aqui na nossa Vila. O lugar escolhido pelo governo foi um morro próximo ao Stadtplatz. Escolhido o lugar onde nossa Igreja seria construída, os moradores meteram a mão nas enxadas, cortadeiras, pás e, em pouco tempo, rebaixaram quase 10 metros do cume do morro para a construção da primeira Igreja Matriz.


Quando essa que vemos foi demolida, nos anos 1950, mais uma vez, o morro foi rebaixado de 4 a 5 metros para construção da nossa nova Matriz. Se hoje pararmos ali na Praça e olharmos para nossa Igreja Matriz, poderemos imaginar a altura que possuía esse morro que, com os dois rebaixamentos, sofreu um corte de mais ou menos 15 metros em relação à atual plataforma da Igreja Matriz.


Só para recordar. A primeira reunião para construção da Matriz foi no início do ano de 1899. No dia 8 de dezembro de 1901, em grande solenidade, foi feito o lançamento da pedra fundamental. E também nesse mesmo ano e mês a paróquia foi desmembrada de Joinville e o primeiro vigário nomeado foi o P. José Ernser. Naquele mesmo ano, o padre Ernser foi transferido para Rio Negro, deixando órfã nossa Vila. Isso acabou por interromper as obras da Matriz durante um bom tempo. No dia 17 de março de 1903, assumiu a paróquia o monsenhor Vicente Bronikowski.


Podemos ver ainda na foto uma parte do coreto, que foi construído por ocasião dos festejos do Cinquentenário do nosso município. Daqui a dois anos, ele completará cem anos de história. Podemos ver que existiam muitas árvores na praça, muitos cedros plantados pelas mãos dos nossos imigrantes.


*@edimar_salomon ou nos siga na página do facebook https://www.facebook.com/edimar_salomon

Posts recentes

Ver tudo

Ciranda Política

Falou tudo A vereadora Carla Hofmann - REP, novamente mostrou a falta de eventos, que podem trazer o turistas e fomentar o comércio local. Há muito tempo venho escrevendo e cobrando esse tipo de inves

コメント


bottom of page