top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Ciranda Política


Não sabia nada!


O secretário de agricultura de São Bento do Sul, José Erminio Grein, atendendo requerimento da vereadora Carla Hofmann, pouco ou quase nada respondeu sobre os questionamentos. E como justificativa, disse que o processo do MP, de investigação sobre os materiais do Emeja, foi arquivado.


Não sabia nada II


Sobre os 500 almoços que seriam oferecidos aos participantes da cavalgadas e do desfile dos tratores, justificou que foram cancelados. E que o Tribunal de Contas ainda não analisou.


Sobre


O projeto  de lei que tramita na Câmara, do Porteira Aberta, se aprovado o produtor rural vai pagar 80% e o restante será pago através de um subsídio, explicou Grein.


E ainda


Sobre a polêmica do chopp sem glúten, também ninguém entendeu suas explicações. E que também foi cancelado.  E o edital também está sendo analisado pelo Tribunal de Contas.


Resumindo


Não respondeu nada, não sabia de nada, por mais que os vereadores tantassem tirar alguma coisa do secretário foi em vão.  Foi muito bem treinado. Acredito que somente na justiça ele poderá responder, pois lá o furo é mais embaixo.


Moção de Aplausos


O Ex-vereador Edimar Salomon  estava visivelmente emocionado quando agradeceu a honraria recebida na Câmara de Vereadores. Na ocasião, ele lembrou de sua passagem pela Câmara, onde se elegeu por sete mandatos, e assumiu a presidência da Casa em três oportunidades e ainda tendo assumido a administração do município. Lembrou de suas atividades exercidas desde cedo, agradecendo também à sua família e a Deus.


Aumento de vereadores


Continua repercutindo nos meios políticos, sobre o aumento de 10 para no mínimo 11 vereadores na Câmara de Vereadores de São Bento do Sul. Eu particularmente acredito que é necessário, pois um número ímpar vai dar a chance da presidência desempatar as votações. Mas até agora não apareceu nenhum vereador que queira enfrentar essa peleia, nada indigesta perante o eleitor. 


Nem aí para o povo


Um projeto protocolado nesta segunda-feira (11) na Câmara de Vereadores de Florianópolis prevê o aumento de 48% no salário dos próprios parlamentares. A proposta é assinada por quatro dos cinco membros da Mesa Diretora da Casa (veja abaixo a explicação do Legislativo). Caso seja aprovado, o texto vai elevar os salários em dois momentos distintos: 1º de janeiro de 2025 e 1º de fevereiro de 2025, com vigência até 31 de dezembro de 2028. Atualmente, cada vereador da Capital recebe R$ 17.539,20.


Com o projeto da Mesa Diretora, o salário terá dois reajustes em um mês, no começo de 2025. Em 1º de janeiro de 2025, o valor sobe para R$ 24.794,79. Depois, em 1º de fevereiro de 2025, ele aumenta para R$ 26.080,98. Na prática, o reajuste do valor atual até o novo salário final é de R$ 8.541,76, um percentual de 48,7%.


Posts recentes

Ver tudo

Ciranda política

Convenções Em São Bento do Sul, o PSD realiza sua convenção dia 22 de julho, na Sociedade Bandeirantes, o MDB no dia 02 de agosto, na Câmara de Vereadores. Neste mesmo dia também farão suas convenções

Ciranda Política

Convenções Em São Bento do Sul, o PSD realiza sua convenção dia 22 de julho, na Sociedade Bandeirantes, o MDB no dia 02 de agosto, na Câmara de Vereadores. A do PP, mesmo que não sendo divulgada ofici

Comments


bottom of page