top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Brasil terá antiviral para tratar varíola dos macacos, diz Queiroga; SC tem 8 casos confirmados



Nacional/SC

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta segunda-feira (1º) por uma rede social, que o Brasil receberá, por intermédio da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), o antiviral Tecovirimat para “reforçar o enfrentamento ao surto” de varíola dos macacos.

“Serão contemplados casos mais graves em um primeiro momento”, adiantou. Vale lembrar que a primeira vítima da doença no país foi confirmada na última sexta-feira (29).


O Tecovirimat tem sido oferecido como opção de “uso compassivo” nos Estados Unidos. Entretanto, ainda não há dados que demonstrem a eficácia do antiviral para o tratamento da varíola dos macacos.

Além dos antivirais, o Brasil receberá um lote de 50 mil doses da vacina contra a varíola dos macacos enviadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em setembro.

Os países da América receberão 100 mil imunizantes (de vírus inativado), sendo todos adquiridos por meio da Opas e fabricados pelo laboratório dinamarquês Bavarian Nordic.


Números

Segundo dados do Ministério da Saúde, até domingo (31), 1.342 casos de varíola dos macacos foram registrados no país. A primeira vítima da doença no Brasil foi um homem, de 41 anos.

Ele estava internado em Belo Horizonte (MG) e tinha comorbidades que podem ter prejudicado o quadro clínico. O Ministério da Saúde investiga as circunstâncias da morte.

Panorama em SC

Dados compilados pela SES (Secretaria de Estado da Saúde) até as 18h do último sábado (30) apontam que Santa Catarina tem 44 casos notificados.

Destes, oito foram confirmados, sendo sete autóctones, ou seja, com transmissão local, e um importado de São Paulo. Outros 20 casos estão em investigação e 16 foram descartados.

No último final de semana, o município de Brusque confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos. O paciente é um jovem de 24 anos, que começou a manifestar sintomas no dia 18 de julho.

Já Joinville confirmou o segundo caso da doença na cidade. O paciente é um homem de 39 anos que mora na região Central da cidade e tem histórico de viagem ao exterior. O primeiro caso foi confirmado pelo município há uma semana, no dia 23 de julho.

Sintomas

A varíola dos macacos é uma doença causada pela infecção com o vírus Monkeypox, que causa sintomas semelhantes aos da varíola. Ela começa com febre, dor de cabeça, dores musculares, exaustão e inchaço dos linfonodos.

Uma erupção geralmente se desenvolve de um a três dias após o início da febre, aparecendo pela primeira vez no rosto e se espalhando para outras partes do corpo, incluindo mãos e pés.

Em alguns casos, pode ser fatal, embora seja tipicamente mais suave do que a varíola. A doença é transmitida para pessoas por vários animais selvagens, como roedores e primatas, mas também pode ser transmitida entre pessoas após contato direto ou indireto.

*Com informações de Karine Melo, repórter da Agência Brasil.

Comments


bottom of page