top of page
  • Foto do escritorVilmar Bueno, o ESPETO

Aprovado projeto que aumenta a idade limite para ingresso na Polícia Militar


São Paulo

De autoria da deputada Leticia Aguiar, projeto aprovado aumenta a idade limite de entrada na Polícia Militar de São Paulo de 30 para 35 anos

Em sessão extraordinária realizada na noite desta quarta-feira (21), a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Complementar PLC52/2019, de autoria da deputada estadual Leticia Aguiar, que aumenta a idade máxima para ingresso na Polícia Militar do Estado de São Paulo de 30 para 35 anos. Durante toda a semana, deputados e deputadas fizeram uma força-tarefa para que a proposta fosse analisada e e seguisse ao Plenário, para votação. Agora, a matéria aprovada seguirá ao Executivo, para sanção ou veto do governador do Estado. Ingresso na Polícia Militar Atualmente, para ingressar na Polícia Militar de São Paulo para o cargo de soldado é necessário possuir idade entre 17 e 30 anos. Com o projeto, o limite de idade passará a ser de 35 anos, limite que também poderá a ser adotado para ingresso no curso de oficiais da PM do Barro Branco. O projeto também prevê o aumento da idade para as carreiras de oficiais músicos e para o quadro da saúde, que poderão passar a ser de 40 anos (veja quadro abaixo). A deputada Leticia Aguiar agradeceu o apoio dos colegas que aprovaram a proposta no Congresso de Comissões e votaram favoravelmente por unanimidade na votação em plenário, a parlamentar também destacou a importância da Lei na vidas das pessoas vocacionadas para a carreira militar: “Fiquei muito feliz e agradeço aos colegas deputados que apoiaram minha iniciativa. Com a lei complementar aprovada hoje, criaremos mais oportunidades para todos que desejam integrar os quadros da nossa gloriosa Polícia Militar do Estado de São Paulo”, declarou. Para Leticia Aguiar a lei terá um impacto positivo na sociedade: “Existem homens e mulheres, com mais de 35 anos, em excelentes condições físicas e psicológicas com vocação para a carreira militar que estão fora do processo seletivo. Essa lei transformará vidas! Tanto para quem vier a servir a corporação, como para quem será servido por ela, no caso, o povo de bem do estado de São Paulo!”, disse a deputada. O que muda na Lei de Ingresso na Polícia Militar Legislação AtualProposta de alteração Item III – ter idade máxima de:Item III – ter idade máxima de: 30 (trinta) anos, para ingresso no QOPM;35 (trinta e cinco) anos, para ingresso no QOPM; 35 (trinta e cinco) anos, para ingresso no QOS;40 (quarenta) anos, para ingresso no QOS; 35 (trinta e cinco) anos, para ingresso no QOM;40 (quarenta) anos, para ingresso no QOM; 30 (trinta) anos, para ingresso no QPPM;35 (trinta e cinco) anos, para ingresso no QPPM QOPM – Quadro de Oficiais da Polícia Militar – QOS – Quadro de Oficiais de Saúde – QOM Quadro de Oficiais Músicos – QPPM – Quadro de Praças Policiais MilitaresPara a deputada Leticia Aguiar, autora do projeto, a idade limite para ingresso nos quadros da Polícia Militar encontrava-se ultrapassada, especialmente considerando a exigência de um teste de aptidão física para que a aprovação seja alcançada. Com isto, não há motivos para impedir o ingresso de pessoas apenas diante da idade, mesmo após a comprovação de aptidão física para o exercício da função policial. A deputada também usou as redes sociais para divulgar a aprovação da lei: Aprovado por unanimidade em votação no plenário da Alesp, o Projeto seguirá para sanção do governador.

Posts recentes

Ver tudo

Ciranda Política

Alerta A vereadora Carla Hofmann - REP, durante a Palavra Livre, falou sobre a grave situação acerca da baixa procura pelos pais para a vacinação da poliomielite de seus filhos. São Bento do Sul dever

Comments


bottom of page